Estou sempre sonhando
Um ser estranho num tempo longínquo
Longos braços tentando alcançar as nuvens
Se não posso tirar os pés do chão
É bom alongar os braços, como faço
Se não posso alcançar as nuvens
É bom alongar os braços, como as nuvens fazem
Estendendo os braços sobre as cidades
Carregando chuvas que não conseguem segurar nas mãos
Eu vi uma nuvem em formato de pão de cada dia
Recorrente como lavar o rosto de manhã…

Anúncios