You are currently browsing the tag archive for the ‘Deus’ tag.

EXÍLIO
(Helena Kolody)

Que saudade, meu Deus, que implacável saudade
De integrar-me, outra vez, em Tua eternidade!

Inquieta, a alma cintila,
Qual pássaro de fogo
Em cárcere de argila.

Quer ser, de novo, um ponto inponderável
Em teu perfeito circulo de luz

Anúncios

Há Deus na poesia
como há milagres
Há Deus
como há saudades
Adeus, entrego minha poesia

Bons poetas cultivam o bigode

Helvio Henrique de Campos é formado em História, funcionário público e poeta (pura pretensão), residente na fria Guarapuava no Estado do Paraná. Ama e é amado por Emilie, sua linda esposa e resolveu publicar suas idéias poéticas...

Premiado com a bolsa Funarte de criação literária/2009.

Comentários

helviocampos em
ovictorpereira em
Paulo em
Neusa Maria de Azeve… em à Emilie
Julio em Revista Continnum

Digite seu endereço de e-mail para receber notificações de conteúdo novo no blog.

Junte-se a 7 outros seguidores

Tivemos

  • 4,231 leituras

twitter

Creative Commons License
Todo o conteúdo autoral deste blog é licenciado por uma licensa Creative Commons.