You are currently browsing the tag archive for the ‘luta’ tag.

Não conseguir fazer o que se quer
sequer o que se consegue fazer
na luta diária, diário de lutas
um dia essa fúria acalmar-se-á

De tudo o que lutei, restará o luto
do bruto saíra o diamante, da pepita,
o ouro, do agora em diante brilhará

A angústia, o medo, o tédio, o fruto
disso tudo, fala e não diz tudo
destoa de tudo o que se costuma falar

Em vez do distúrbio, alguém disse
Não se turbe e não se esqueça
que a esperança não vem de você
e sim de alguém que a costuma semear

Anúncios

Bons poetas cultivam o bigode

Helvio Henrique de Campos é formado em História, funcionário público e poeta (pura pretensão), residente na fria Guarapuava no Estado do Paraná. Ama e é amado por Emilie, sua linda esposa e resolveu publicar suas idéias poéticas...

Premiado com a bolsa Funarte de criação literária/2009.

Comentários

helviocampos em
ovictorpereira em
Paulo em
Neusa Maria de Azeve… em à Emilie
Julio em Revista Continnum

Digite seu endereço de e-mail para receber notificações de conteúdo novo no blog.

Junte-se a 7 outros seguidores

Tivemos

  • 4,231 leituras

twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Creative Commons License
Todo o conteúdo autoral deste blog é licenciado por uma licensa Creative Commons.